Filme: 42º Festival de Cinema Gramado


Gênero: Nacional

Ano de lançamento: 2014

Sinopse

O cinema brasileiro anda batendo um bolão. “É a melhor seleção de filmes que a gente fez nos últimos anos”, disse o curador Rubens Ewald Filho, durante coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira pela manhã na Cinemateca Paulo Amorim (Casa de Cultura Mário Quintana). No encontro, foram anunciados os selecionados à 42ª edição do Festival de Cinema de Gramado, que ocorre de 8 a 16 de agosto, na cidade serrana. “Fomos muito rigorosos em nossos critérios de avaliação. Se tivéssemos espaço, teríamos mais quatro ou cinco filmes em competição, sem comprometer a qualidade”, ainda comentou Rubens. Dos 794 inscritos para as mostras competitivas, foram escolhidos oito longas-metragens nacionais, cinco latino-americanos, 15 curtas-metragens nacionais e 17 curtas gaúchos (Prêmio Assembleia Legislativa de Cinema). A qualidade das produções deste ano são resultado de uma boa safra do cinema brasileiro e latino. Entre as novidades desta edição está a inédita premiação em dinheiro para as produções vencedoras nas diferentes categorias. Além disso, com a morte do ator José Wilker, que era curador do Festival desde 2012, ao lado de Rubens e o jornalista e crítico Marcos Santuário, a curadoria foi reformulada. Agora, o trio também é formado por uma representante estrangeira: a atriz, diretora e produtora argentina Eva Piwowarski. É a primeira vez que o evento tem uma integrante estrangeira compondo a curadoria. Durante a apresentação dos filmes selecionados, o prefeito de Gramado, Nestor Tissot, disse que este é um momento importante para o evento: “São 42 anos de muita luta e dificuldade, mas estamos vivos e fortes graças às pessoas que nos auxiliam”. Tissot acrescentou que, ao longo dos anos, o Festival enfrentou problemas, mas “procuramos outros caminhos para realizar o evento, e um deles foi a criação da Gramadotur, responsável pela realização do Festival de Gramado deste ano”. A autarquia, presidida por João Pedro Till, está a frente do Festival, e também é responsável pela realização de todos os eventos públicos de Gramado. Till ainda anunciou que, pela primeira vez, haverá uma avant première para a comunidade gramadense. Durante os três dias que antecedem a abertura oficial do evento, os moradores poderão assistir a filmes premiados em Gramado, trocando o ingresso por 1kg de alimento não-perecível. O presidente também apresentou a diretora de eventos da autarquia Chania Chagas. Também presente na cerimônia, o secretário de Estado da Cultura, Luiz Antônio de Assis Brasil, ratificou o FAC (Fundo de Apoio à Cultura), que recentemente aprovou o projeto do Museu do Festival. A secretária de Turismo de Gramado, Rosa Helena Volk, celebrou as boas novas relembradas pelo secretário e ambos reforçaram a ideia do cinema como um patrimônio e produto cultural do Estado, anunciando a criação do Museu do Festival, a ser instalado em uma sala no próprio Palácio dos Festivais. Em parceira com o Iecine, o Festival de Gramado fará intercâmbio com outros tradicionais festivais de cinema no mundo, como Cannes, Tolouse, Tribeca e Guadalajara. Representantes destes e outros eventos do gênero estarão presentes em Gramado como convidados e participarão de programações especiais. Para Juan Zapata, diretor do Iecine, esta é uma excelente oportunidade para discutir como levar o cinema brasileiro para fora do país. O prêmio Assembléia Legislativa de Cinema, que garante a exibição de curtas-metragens exclusivamente produzidos no Rio Grande do Sul, também foi confirmado na coletiva. Luiz Carlos Barbosa da Silva, diretor do Departamento de Relações Públicas e Atividades Culturais da Assembleia Legislativa apresentou os 17 filmes que concorrem na décima edição da Mostra Gaúcha. O 42º Festival de Cinema de Gramado é uma realização da Lei Federal de Incentivo à Cultura e da Gramadotur e uma promoção da Prefeitura Municipal de Gramado. Conta com Patrocínio Master da Petrobras, patrocínio de Oi e Stella Artois, copatrocínio do BNDES e do Banrisul e apoio especial da DUOCASA e Corsan. Apoio: Oi Futuro, Laghetto Hotéis, Nikon, Brocker, Stemac, CiaRio, O2, Caracol, Canal Brasil, TVCOM, RBS TV, Revista de Cinema e TVE. Apoio institucional da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, ACCIRS, APTC, Fundacine, IECINE e SIAV. Planejamento cultural e produção da Um Cultural. Financiamento do Pró-cultura RS, Governo do Estado do Rio Grande do Sul.



Comentários

Preencha os dados abaixo para comentar